terça-feira, 17 de fevereiro de 2009

Temas Combinatórios

Olá amigos !

Hoje mostrarei uma partida que joguei no Circuito Paulista Dinâmico-Etapa Alphaville , no último sábado (14-02). Nela consegui utilizar um tema combinatório que havia estudado poucos dias atrás no livro "Motivos Combitórios" de autoria do russo Maxim Blokh (na verdade eu estava corrigindo alguns exercícios de um aluno).A partida teve um desfecho não muito afortunado para mim por dois motivos: primeiro , os recursos defensivos eram maiores em relação a posição que havia visto no livro ;e segundo, a excelente defesa do meu adversário,o jovem Luís Guilherme Abdalla.De todas as formas considero o tema instrutivo e sendo assim disponibilizarei dois diagramas da obra citada , além da partida.






(5) Todorcevic - Jean

França, 1969

1.Cxh7! Rxh7 2.Dh5+ Rg8 3.Axg6 Tf7 [Se 3...Td8 4.Ag5+-] 4.Dh7+ Rf8
5.Ah6
Com idéia Dh8#. 5...Axh6 [Não funcionaria : 5...Dxf2+ 6.Rh1
Cf6 7.Dh8+ Cg8 8.Dxg7+ Txg7 9.Te8#] 6.Dxh6+ Dg7 [Outros lances
levariam ao mate : 6...Rg8 7.Te8+ Cf8 8.Txf8+ Txf8 9.Dh7#; 6...Tg7 7.Te8#]
7.Te8+ e as brancas ganham a dama. 1-0





(6) Matsuura,E. (2483) - Abdalla,Luís Guilherme [C06]Circuito Paulista Dinâmico-Alphaville Alphaville (3), 14.02.2009


1.e4 e6 2.d4 d5 3.Cd2 Cf6 4.e5 Cfd7 5.Ad3 c5 6.c3 Cc6 7.Cgf3 g6 [Outras possibilidades seriam : 7...Db6 8.0-0 cxd4 9.cxd4 Cxd4 10.Cxd4 Dxd4 11.Cf3; 7...Ae7 8.0-0 g5!?] 8.0-0 [8.h4!?] 8...Ag7 9.Te1 0-0 10.Cf1 f6 11.exf6 Dxf6 Neste momento recordei-me do diagrama anterior ,o qual havia estudado poucos dias antes, e vislumbrei a possibilidade de chegar a uma situação muito parecida na presente partida. 12.Ag5 Df7 13.Ae3 cxd4 14.cxd4 e5 15.Cg5 Df6 16.Cxh7!? Aqui este lance não merece um ponto de exclamação , pois ao contrário da posição anterior ele não conduz à vitória.Por se tratar de uma partida de xadrez rápido não pude calcular todas as consequências do sacrifício, mas considerei que ao menos teria compensação pelo cavalo.As próximas jogadas são forçadas para ambos os lados. 16...Rxh7 17.Dh5+ Rg8 18.Axg6 Tf7 19.Dh7+ Rf8 20.Cg3 exd4 21.Ah6? [Durante a partida considerei que a continuação : 21.Ch5 dxe3 22.Cxf6 exf2+ 23.Rxf2 Cxf6 seria perigosa para as brancas , pois as pretas contam com três peças pela dama ,além da possibilidade de um xeque descoberto no próximo lance.A partida teria , no entanto , desembocado num xeque perpétuo : 24.Dh4 Ce4+ 25.Rg1 Ad4+ (Nada há de melhor para as pretas) 26.Rh1 Cf2+ 27.Rg1 Ce4+= Esta seria a melhor opção para as brancas , pois com o lance do texto a iniciativa passa às negras.] 21...Cde5! [Um recurso inexistente no exemplo anterior : a cobertura da coluna "e".Se : 21...Axh6 22.Dxh6+ Dg7 (22...Rg8 23.Te8+ Cf8 24.Txf8+ Txf8 25.Dh7#) 23.Te8+ Rxe8 24.Dxg7+- e tudo termina como no diagrama anterior; ou : 21...Cce5 22.Dh8+ Re7 23.Axg7 Dxg6 (23...Dxg7 24.Cf5+) 24.Axe5+- com um ataque decisivo.] 22.Axf7 Rxf7! [Ainda um lance único. Após : 22...Dxh6 23.Dg8+ Re7 24.Axd5+- as pretas estariam em grandes dificuldades.] 23.Axg7 Dxg7 24.Dh5+ Rf8 25.h3 Ad7-/+ O negro finalmente completa seu desenvolvimento e a iniciativa branca chega ao seu fim. 26.Cf5 Axf5 27.Dxf5+ Rg8 28.De6+ Rh8 29.Dxd5 Os seguintes lances foram feitos já sobre o apuro de tempo , o que explica em parte a imprecisão de alguns lances. 29...Td8?! [29...Tf8] 30.De4 d3? 31.f4? [31.Dh4+ Rg8 32.Te3 Td4 33.Dh5<=> e o branco volta a ter chances.] 31...Td4 32.De3 d2?! [32...Cg6] 33.Tf1? [Aqui era necessário sacrificar a qualidade para eliminar o perigoso peão passado : 33.fxe5 dxe1D+ 34.Txe1~~] 33...Cc4 34.De8+ Rh7 35.f5 Df6!-+ Depois deste lance as esperanças brancas se esvaem. 36.Tad1?! [36.Tab1] 36...Cxb2 37.Dh5+ Rg7 38.Tf3 Cxd1 39.Tg3+ Rf8 40.Tg6 Dh4 Uma excelente partida no aspecto defensivo do jovem Luís Guilherme Abdalla ! 0-1








(7) Elderhorst - van Neukerk Holanda, 1987


Neste exemplo o ponto g6 está mais bem protegido , pois há também o peão f7. 1.Cxh7! Rxh7 2.Txf7! Com este outro sacrifício o peão g6 torna-se vulnerável. 2...Txf7 [Se 2...Rg8 3.Axg6 Txf7 4.Dh5 ,a posição seria a mesma da partida.] 3.Dh5+ Rg8 4.Axg6 Tf1+ [Defender a torre não salvaria : 4...Ae6 5.Dh7+ Rf8 6.Ah6 Re8 7.Dxg7+- seguido de Tf1; ou : 4...De8 5.Dh7+ Rf8 6.Ah6 e6 7.Axg7++- Re7 8.Af6+ e as brancas vencem.] 5.Rxf1 Dd7 6.Dh7+ Rf8 7.Ah6 e6 8.Dh8+ 1-0


3 comentários:

  1. Oi, Everaldo querido! Bom saber que vc finalmente se rendeu aos computadores e à internet e agora tem um blog! Saudades de vc. Quando vc vem pra Joinville?

    ResponderExcluir
  2. Putz, que didática! maravilhoso blog!

    Grande abraço!

    ResponderExcluir
  3. Lola

    Olá!Para você ver como as pessoas mudam! Quando tiver a oportunidade farei uma visita para vocês aí em Joinville.Abraços para o Sílvio e um agradecimento todo especial a ele pelo apoio que tem me dado.

    Maia

    Obrigado pelas suas palavras , embora eu não ache que seja para tanto.

    ResponderExcluir